Se não for para tocar teu coração

Domingo, Quaresma de 2008 • Rogiro (Flickr)

Domingo, Quaresma de 2008 • Rogiro (Flickr)

Se não for para tocar teu coração,
Que eu cerre a música nos meus lábios.
Se não for para atrair teu olhar,
Que eu me resigne em silêncio.
Se for apenas pelas luzes,
Tira-me do altar.
Se for por fama ou reconhecimento,
Torna-me irrelevante.

Se for por minha causa,
Leva-me ao oculto
E ensina-me no quarto secreto
Que nenhuma glória me é devida
Mas sim ao teu nome somente,
Por teu amor e por tua fidelidade.
Pois, se não for para tocar teu coração

E se não for para atrair teu olhar
Mas se for apenas pelas luzes
Ou por fama e reconhecimento
Tudo será em vão.

Não a nós • Diego Sampaio