Se não for para tocar teu coração

Domingo, Quaresma de 2008 • Rogiro (Flickr)

Domingo, Quaresma de 2008 • Rogiro (Flickr)

Se não for para tocar teu coração,
Que eu cerre a música nos meus lábios.
Se não for para atrair teu olhar,
Que eu me resigne em silêncio.
Se for apenas pelas luzes,
Tira-me do altar.
Se for por fama ou reconhecimento,
Torna-me irrelevante.

Se for por minha causa,
Leva-me ao oculto
E ensina-me no quarto secreto
Que nenhuma glória me é devida
Mas sim ao teu nome somente,
Por teu amor e por tua fidelidade.
Pois, se não for para tocar teu coração

E se não for para atrair teu olhar
Mas se for apenas pelas luzes
Ou por fama e reconhecimento
Tudo será em vão.

Não a nós • Diego Sampaio

A morte da razão, Francis Schaeffer

Lâmpada quebrada • LaniElderts (Flickr)

Lâmpada quebrada • LaniElderts (Flickr)

Uma obra intelectualmente densa e atual – se eu tivesse que resumir o conteúdo da obra “A morte da razão”, de Francis Schaeffer, usaria essa definição. Como relata no livro, Schaeffer frequentava uma igreja liberal, o que acabou levando-o ao agnosticismo. Foi aí que ele começou a ler a bíblia de verdade para contrapor-se a ela.

Continue lendo

O que você vê nas nuvens?

Rostos em nuvens • Shinseungback Kimyonghun (Ars Electronica/Flickr)

Rostos em nuvens • Shinseungback Kimyonghun (Ars Electronica/Flickr)

Enquanto subia os longos cinquenta e dois degraus a caminho da estação de metrô, retornando do trabalho, olhei para o céu despropositadamente. Havia um contraste de nuvens mais claras e outras mais escuras, anunciando uma possível chuva à noite. E, ao olhar aqueles pedaços de algodão no firmamento, minha mente foi levada às tardes da infância, quando eu costumava ficar observando as nuvens e a metamorfose que os ventos provocam nelas.

Continue lendo